Comunidade Nossa Senhora Aparecida

Linha Teolândia (interior)

Celebrações:

Quintas-Feiras: 19h30

Ver Galeria de Fotos


Por volta dos anos 1965/1966 já existia uma escola na comunidade onde as pessoas se reuniam para rezar, pois não havia uma igreja.

A comunidade junto com o prefeito da época ( Asterio Rigon) decidiu mudar o local da escola para o centro da comunidade.

Foi doado um terreno por Antonio Lorezente, para a construção de uma igreja. Foram recebidas doações de madeira para a construção. Nesta época Euclides Broco possuía uma serraria e também ajudou com doações e com as serragens das madeiras. Estavam também à frente dessa construção João Favin, Wenceslau Lindembergue e outros.

Na inauguração da igreja foram convidados Eduardo Winarki, Clemente Bolzan e Euclides Broco para cortar a fita.

Construiu-se também nesta época um pavilhão de madeira no qual se faziam as festas.

Essa primeira igreja foi atendida pelos Freis Ceciliano, Samuel, Policarpo, Sérgio e alguns missionários. Eles iam a cavalo e hospedavam-se nas casas das famílias. A senhora Leonilda Bolzan conta que as toalhas do altar eram feitas de lençóis e que muitas vezes eram queimados pelas velas.

Foi arrecadado dinheiro para comprar uma imagem para a igreja. Na cidade, a única imagem que dava para comprar com aquele dinheiro, foi a de Nossa Senhora Aparecida, que passou a ser a Padroeira.

Nessa igreja realizou-se apenas um casamento porque o costume era de fazê-lo na matriz e a festa no pavilhão da comunidade. Houve muitos batizados e celebrações de primeira eucaristia. Os primeiros catequistas foram Cacilda Favin e Wenceslau Lindembergue.

A comunidade se chamava banhado as cobras e Frei Samuel mudou para Teolândia que significa (terra de DEUS), e é assim até hoje.

Mais tarde Wenceslau Lindembergue, doou a imagem de São Braz cuja festa é celebrada em fevereiro, e Leoni Ballam doou a imagem de Nossa Senhora de Fátima, cuja festa é em maio. Essas imagens estão na igreja até hoje.

Com o passar dos anos resolveu-se construir um pavilhão de alvenaria, com ajuda de todos. Cada “sócio” ( dizimista) contribuiu com duas sacas de soja por hectare plantado. A igreja velha foi desmanchada e as celebrações passaram a ser no pavilhão, pois o lugar era mais amplo e abrigava mais pessoas. Mais tarde percebeu-se a necessidade de uma nova igreja, pois era complicado o pavilhão servir de local de oração e festa.

Em 1995 Eucir Broco, como coordenador do Conselho Administrativo, iniciou a construção da nova igreja, novamente com doações de toda a comunidade. Era um sonho a ser realizado, uma grande e linda igreja a ser construída.

Nessa nova igreja houve a celebração de quatro casamentos, muitos batizados e primeira eucaristia, celebrações que marcaram a vida de muitos.

Durante esses anos assumiram vários conselhos de pastoral cada qual trabalhando de uma maneira diferente, mas com um só objetivo, o bem da comunidade.

Em 1999 sob a liderança de Leonir Favin houve a primeira carreata em homenagem a Nossa Senhora Aparecida. Ela foi homenageada por diversas formas: carregada em carros abertos, por motoqueiros, acolhida com fogos de artifício e muita alegria. A comunidade sempre preparou um lindo altar para colocá-la em evidência.

Com o passar do tempo iniciou-se o tradicional almoço do dia dos pais, cujo cardápio (porco na mandioca com coquetel de frutas) agradou a todos. É um dos eventos mais prestigiados na região. E a festa de Nossa Senhora Aparecida que é aguardada por muitos como uma data de muitas graças a serem recebidas.

A comunidade é pequena, mas de uma fé inabalável. O desejo é que essa história continue e que a comunidade seja sempre melhor. Para isso tem um Conselho de Pastoral que busca manter e melhorar a comunidade a cada dia. Possui equipe de liturgia e canto com o mesmo ideal, e a comunidade unida em oração.

Os membros da comunidade estão satisfeitos com a animação pastoral do Padre e com sua ajuda.  Consideram-se grandes devotos e amados de Nossa Senhora Aparecida.

GALERIA DE FOTOS

Rolar para cima

Clique no Ícone Para Conversar
Pelo WhatsApp